segunda-feira, 20 de setembro de 2010

couple in love, however distant.


É tão bom quando as coisas dão certo para nós, quando achamos uma pessoa que nós temo certeza que nos fará feliz... Uma pessoa que quando paramos pra pensar, é quem faz com que nosso estômago dobre, a gente arrepie e sinta um certo aconchego com isso.
Mas afinal, o que é a distância?
Será que isso seria só uma medida da separação de dois pontos?
Pois pra mim não parece ser; pra mim ela é uma coisa mais doída, um tipo de separação entre dois pontos que deviam estar juntos.
Porque isso acontece logo conosco, quem nós menos esperamos que aconteça?
Isso é o tipo de coisas que ninguém pode responder porque não existe resposta.
O fato é que, mesmo sendo uma palavra dóida e interpretada com desgosto, a distância para mim também pode significar algo bom, ela pode me mostrar que mesmo com ela, existe amor, exsite uma chama acesa em ambos os lados, e isso me faz bem, mostra o que eu jamais fui capaz de sentir antes.
E que tudas as correntes que nos impede de algo sejam quebradas.
Eu te amo, você me mantém acesa e preenche o vazio que existe em mim mesmo com tudo isso, com todas as barreiras.

Nenhum comentário:

Postar um comentário